Biografia Salvador Dalí

Atualizado: 29 de Jul de 2020



Quem foi Salvador Dalí?


Desde a infância , Salvador Dalí foi incentivado a praticar sua arte, e ele acabou estudando em uma academia em Madri. Na década de 1920, ele foi para Paris e começou a interagir com artistas como Pablo Picasso, René Magritte e Miró, o que levou à primeira fase surrealista de Dalí. Talvez ele seja mais conhecido por sua pintura de 1931, The Persistence of Memory, que mostra relógios derretidos em um cenário paisagístico. A ascensão do líder fascista Francisco Franco na Espanha levou à expulsão do artista do movimento surrealista, mas isso não o impediu de pintar.



Vilabertran

Artista - Salvador Dalí

Ano - 1913

Material - Óleo sobre Tela

Tamanho - 20 cm × 15 cm



Infância e Juventude


Dalí nasceu Salvador Felipe Jacinto Dalí e Domenech em 11 de maio de 1904, em Figueres, Espanha, localizado a 26 quilômetros da fronteira francesa, no sopé das montanhas dos Pirenéus. Seu pai, Salvador Dalí y Cusi, era advogado e notário de classe média. O pai de Dalí tinha uma abordagem disciplinar rigorosa para criar os filhos - um estilo de criação que contrastava fortemente com o de sua mãe, Felipa Domenech Ferres. Ela costumava se deliciar com o jovem Dalí em sua arte e em suas excentricidades.


Dizem que o jovem Dalí era uma criança precoce e inteligente, propensa a ataques de raiva contra seus pais e colegas de escola. Consequentemente, Dalí foi submetido a atos furiosos de crueldade por estudantes mais dominantes ou por seu pai. O ancião Dalí não toleraria as explosões ou excentricidades de seu filho e o puniria severamente. O relacionamento deles se deteriorou quando Dalí ainda era jovem, exacerbado pela competição entre ele e o pai pelo carinho de Felipa.




Dalí tinha um irmão mais velho, nascido nove meses antes dele, também chamado Salvador, que morreu de gastroenterite. Mais tarde em sua vida, Dalí frequentemente contava a história de que, quando ele tinha 5 anos, seus pais o levaram ao túmulo de seu irmão mais velho e disseram que ele era a reencarnação de seu irmão. Na prosa metafísica que ele costumava usar, lembra Dalí, "[nós] parecíamos um com o outro como duas gotas de água, mas tínhamos reflexos diferentes". Ele "provavelmente foi uma primeira versão de mim mesmo, mas concebeu demais no absoluto".


Dalí, junto com sua irmã mais nova Ana Maria e seus pais, costumava passar algum tempo em sua casa de verão na vila costeira de Cadaques. Desde tenra idade, Dalí produzia desenhos altamente sofisticados e seus pais apoiaram fortemente seu talento artístico. Foi aqui que seus pais construíram para ele um estúdio de arte antes de ele entrar na escola de arte.


Ao reconhecer seu imenso talento, os pais de Dalí o enviaram para a escola de desenho no Colegio de Hermanos Maristas e no Instituto em Figueres, Espanha, em 1916. Ele não era um estudante sério, preferindo sonhar acordado na sala de aula e se destacar como excêntrico, vestindo roupas estranhas e cabelos longos. Depois daquele primeiro ano na escola de arte, ele descobriu a pintura moderna em Cadaques, enquanto passava férias com sua família. Lá, ele também conheceu Ramon Pichot, um artista local que frequentemente visitava Paris. No ano seguinte, seu pai organizou uma exposição dos desenhos a carvão de Dalí na casa da família. Em 1919, o jovem artista realizou sua primeira exposição pública, no Teatro Municipal de Figueres.


Em 1921, a mãe de Dalí, Felipa, morreu de câncer de mama. Dalí tinha 16 anos na época e ficou arrasado com a perda. Seu pai casou-se com a irmã de sua falecida esposa, o que não aproximou mais o Dalí mais novo de seu pai, embora ele respeitasse sua tia. Pai e filho batalharam por muitas questões diferentes ao longo de suas vidas, até a morte do velho Dalí.



The Great Masturbator

Artista - Salvador Dalí

Ano - 1929

Material - Óleo sobre Tela

Tamanho - 110 cm × 150 cm



Escola de Arte e Surrealismo


Em 1922, Dalí se matriculou na Academia de San Fernando, em Madri. Ele ficou na residência estudantil da escola e logo elevou sua excentricidade a um novo nível, cultivando cabelos longos e costeletas, e se vestindo no estilo dos estetas ingleses do final do século XIX. Durante esse tempo, ele foi influenciado por vários estilos artísticos diferentes, incluindo Metafísica e Cubismo, que lhe renderam a atenção de seus colegas - embora ele provavelmente ainda não entendesse completamente o movimento cubista.


Em 1923, Dalí foi suspenso da academia por criticar seus professores e, alegadamente, iniciar uma revolta entre os alunos pela escolha de um professor pela academia. Nesse mesmo ano, ele foi preso e brevemente preso em Gerona por supostamente apoiar o movimento separatista, embora Dalí fosse realmente apolítico na época (e permaneceu assim durante a maior parte de sua vida). Ele retornou à academia em 1926, mas foi permanentemente expulso pouco antes de seus exames finais por declarar que nenhum membro da faculdade era competente o suficiente para examiná-lo.



Enquanto estava na escola, Dalí começou a explorar muitas formas de arte, incluindo pintores clássicos como Rafael, Bronzino e Diego Velázquez (de quem ele adotou seu bigode ondulado). Ele também se envolveu em movimentos de arte de vanguarda, como o Dada, um movimento anti-establishment pós-Primeira Guerra Mundial. Enquanto a visão apolítica de Dalí sobre a vida o impedia de se tornar um seguidor estrito, a filosofia dadá influenciou seu trabalho ao longo de sua vida.


Entre 1926 e 1929, Dalí fez várias viagens a Paris, onde se encontrou com pintores influentes e intelectuais como Picasso, a quem reverenciava. Durante esse período, Dalí pintou uma série de obras que exibiam a influência de Picasso. Ele também conheceu Joan Miró, o pintor e escultor espanhol que, juntamente com o poeta Paul Éluard e o pintor Magritte, apresentou Dalí ao surrealismo. Nessa época, Dalí estava trabalhando com estilos de impressionismo, futurismo e cubismo. As pinturas de Dalí tornaram-se associadas a três temas gerais: 1) universo e sensações do homem, 2) simbolismo sexual e 3) imagens ideográficas.


Toda essa experimentação levou ao primeiro período surrealista de Dalí em 1929. Essas pinturas a óleo eram pequenas colagens de suas imagens de sonho. Seu trabalho empregou uma técnica clássica meticulosa, influenciada por artistas renascentistas, que contradiz o espaço do "sonho irreal" que ele criou com estranhos personagens alucinatórios. Mesmo antes desse período, Dalí era um ávido leitor das teorias psicanalíticas de Sigmund Freud. A principal contribuição de Dalí para o movimento surrealista foi o que ele chamou de "método crítico paranóico", um exercício mental de acessar o subconsciente para aumentar a criatividade artística. Dalí usaria o método para criar uma realidade a partir de seus sonhos e pensamentos subconscientes, mudando mentalmente a realidade para o que ele queria que fosse e não necessariamente o que era. Para Dalí, tornou-se um modo de vida.


Em 1929, Dalí expandiu sua exploração artística para o mundo do cinema, quando colaborou com Luis Buñuel em dois filmes, Un Chien andalou (Um cão andaluz) e L'Age d'or (A Era de Ouro, 1930), o antigo dos quais é conhecido por sua cena de abertura - um corte simulado de um olho humano por uma navalha. A arte de Dalí apareceu vários anos depois em outro filme, Spellbound (1945), de Alfred Hitchcock, estrelado por Gregory Peck e Ingrid Bergman. As pinturas de Dalí foram usadas em uma sequência de sonhos no filme e ajudaram a trama, dando pistas para resolver o segredo dos problemas psicológicos de John Ballantine.


Em agosto de 1929, Dalí conheceu Elena Dmitrievna Diakonova (às vezes escrita como Elena Ivanorna Diakonova), uma imigrante russa com 10 anos de idade. Na época, ela era esposa do escritor surrealista Paul Éluard. Uma forte atração mental e física se desenvolveu entre Dalí e Diakonova, e ela logo deixou Éluard para seu novo amante. Também conhecido como "Gala", Diakonova era a musa e a inspiração de Dalí, e acabaria por se tornar sua esposa. Ela ajudou a equilibrar - ou se poderia dizer contrabalançar - as forças criativas na vida de Dalí. Com suas expressões e fantasias selvagens, ele não era capaz de lidar com o lado comercial de ser um artista. Gala cuidou de seus assuntos legais e financeiros e negociou contratos com revendedores e promotores de exposições. Os dois se casaram em uma cerimônia civil em 1934.



The Persistence of Memory

Artista - Salvador Dalí

Ano - 1931

Material - Óleo sobre Tela

Tamanho - 24 cm × 33 cm

Localização - Museum of Modern Art,New York City



Em 1930, Dalí havia se tornado uma figura notória do movimento surrealista. Marie-Laure de Noailles e o visconde e a viscondessa Charles foram seus primeiros clientes. Aristocratas franceses, marido e mulher, investiram pesadamente em arte de vanguarda no início do século XX. Uma das pinturas mais famosas de Dalí produzidas na época - e talvez a obra surrealista mais conhecida - foi The Persistence of Memory (1931). A pintura, às vezes chamada de Relógios macios, mostra relógios de bolso derretidos em uma paisagem. Dizem que a pintura transmite várias idéias dentro da imagem, principalmente que o tempo não é rígido e tudo é destrutível.


Em meados da década de 1930, Dalí havia se tornado tão conhecido por sua personalidade colorida quanto sua obra de arte e, para alguns críticos de arte, o primeiro estava ofuscando o segundo. Ostentando um bigode exageradamente longo, uma capa e uma bengala, as aparições públicas de Dalí exibiam um comportamento incomum. Em 1934, o negociante de arte Julian Levy apresentou Dalí à América em uma exposição em Nova York que causou muita controvérsia. Num baile realizado em sua homenagem, Dalí, no estilo característico e extravagante, apareceu vestindo uma caixa de vidro sobre o peito, que continha um sutiã.



Metamorphosis of Narcissus

Artista - Salvador Dalí

Ano - 1937

Material - Óleo sobre Tela

Tamanho - 51.2 cm × 78.1 cm

Localização - Tate Modern,London



Expulsão dos surrealistas


À medida que a guerra se aproximava na Europa, especificamente na Espanha, Dalí entrou em conflito com membros do movimento surrealista. Em um "julgamento" realizado em 1934, ele foi expulso do grupo. Ele se recusou a se posicionar contra o militante espanhol Francisco Franco (enquanto artistas surrealistas como Luis Buñuel, Picasso e Miró), mas não está claro se isso levou diretamente à sua expulsão. Oficialmente, Dalí foi notificado de que sua expulsão se devia a repetidas "atividades contra-revolucionárias que envolviam a celebração do fascismo sob Adolf Hitler". Também é provável que os membros do movimento tenham ficado horrorizados com algumas das artimanhas públicas de Dalí. No entanto, alguns historiadores da arte acreditam que sua expulsão foi mais motivada por sua disputa com o líder surrealista André Breton.



Apesar de sua expulsão do movimento, Dalí continuou a participar de várias exposições surrealistas internacionais na década de 1940. Na abertura da exposição surrealista de Londres em 1936, ele proferiu uma palestra intitulada "Fantomes paranoiaques athentiques" ("Fantasmas autênticos paranóicos") enquanto vestia uma roupa de mergulho, carregando uma taco de bilhar e andando com um par de lobos russos. Mais tarde, ele disse que seu traje era uma representação de "mergulhar nas profundezas" da mente humana.


Durante a Segunda Guerra Mundial, Dalí e sua esposa se mudaram para os Estados Unidos. Eles permaneceram lá até 1948, quando voltaram para sua amada Catalunha. Foram anos importantes para Dalí. O Museu Metropolitano de Arte Moderna de Nova York deu-lhe sua própria exibição retrospectiva em 1941. A seguir, foi publicada a autobiografia, A Vida Secreta de Salvador Dalí (1942). Também durante esse período, o foco de Dalí se afastou do surrealismo e entrou em seu período clássico. Sua disputa com os membros do movimento surrealista continuou, mas Dalí parecia destemido. Sua mente sempre em expansão havia se aventurado em novos assuntos.


The Hallucinogenic Toreador

Artista - Salvador Dalí

Ano - 1968-1970

Material - Óleo sobre Tela

Tamanho 398.8 cm × 299.7 cm

Localização - Salvador Dalí Museum,St. Petersburg,Florida



Museu-Teatro Dalí


Nos 15 anos seguintes, Dalí pintou uma série de 19 telas grandes que incluíam temas científicos, históricos ou religiosos. Ele costumava chamar esse período de "misticismo nuclear". Durante esse período, seu trabalho artístico ganhou um brilho técnico, combinando detalhes meticulosos com imaginação fantástica e ilimitada. Ele incorporaria ilusões de ótica, holografia e geometria em suas pinturas. Grande parte de seu trabalho continha imagens que descreviam a geometria divina, o DNA, o Hyper Cube e os temas religiosos da castidade.


De 1960 a 1974, Dalí dedicou grande parte de seu tempo à criação do Teatro-Museu Dalí (Teatro-Museu Dalí) em Figueres. O prédio do museu já abrigava o Teatro Municipal de Figueres, onde Dalí assistiu a sua exposição pública aos 14 anos (a estrutura original do século XIX havia sido destruída perto do final da Guerra Civil Espanhola). Localizada do outro lado da rua do Teatro-Museu Dalí, fica a Igreja de Sant Pere, onde Dalí foi batizado e recebeu sua primeira comunhão (seu funeral seria realizado mais tarde lá também), e a apenas três quarteirões de distância fica a casa onde ele nasceu. .


O Teatro-Museo Dalí foi inaugurado oficialmente em 1974. O novo edifício foi formado a partir das ruínas do antigo e baseado em um dos desenhos de Dalí, e é considerado a maior estrutura surrealista do mundo, contendo uma série de espaços que formam um único objeto artístico onde cada elemento é uma parte inextricável do todo. O site também é conhecido por abrigar a mais ampla gama de trabalhos do artista, desde suas primeiras experiências artísticas até trabalhos que ele criou durante os últimos anos desta vida. Várias obras em exibição permanente foram criadas expressamente para o museu.


Também em 1974, Dalí dissolveu seu relacionamento comercial com o gerente Peter Moore. Como resultado, todos os direitos de sua coleção foram vendidos sem sua permissão por outros gerentes de negócios e ele perdeu muito de sua riqueza. Dois ricos colecionadores de arte americanos, A. Reynolds Morse e sua esposa Eleanor, que conheciam Dalí desde 1942, criaram uma organização chamada "Friends of Dalí" e uma fundação para ajudar a aumentar as finanças do artista. A organização também estabeleceu o Museu Salvador Dalí em São Petersburgo, Flórida.



Últimos Anos


Em 1980, Dalí foi forçado a se aposentar da pintura devido a um distúrbio motor que causava tremores e fraquezas permanentes em suas mãos. Não mais capaz de segurar um pincel, ele havia perdido a capacidade de se expressar da maneira que sabia melhor. Mais tragédia ocorreu em 1982, quando a amada esposa e amiga de Dalí, Gala, morreu. Os dois eventos o deixaram em profunda depressão. Ele se mudou para Pubol, em um castelo que havia comprado e remodelado para Gala, possivelmente para se esconder do público ou, como alguns especulam, para morrer. Em 1984, Dalí foi gravemente queimado em um incêndio. Devido a seus ferimentos, ele foi confinado à cadeira de rodas. Amigos, clientes e colegas artistas o resgataram do castelo e o devolveram a Figueres, deixando-o confortável no Teatro-Museu.


Em novembro de 1988, Dalí entrou em um hospital em Figueres com o coração debilitado. Após uma breve convalescença, ele voltou ao Teatro-Museo. Em 23 de janeiro de 1989, na cidade de seu nascimento, Dalí morreu de insuficiência cardíaca aos 84 anos. Seu funeral foi realizado no Teatro-Museo, onde ele foi enterrado em uma cripta.


Caso Paternidade e Nova Exposição


Em 26 de junho de 2017, um juiz de um tribunal de Madri ordenou que o corpo de Dalí fosse exumado para resolver um caso de paternidade. Uma espanhola de 61 anos chamada María Pilar Abel Martínez afirmou que sua mãe teve um caso com o artista enquanto trabalhava como empregada doméstica para seus vizinhos em Port Lligat, uma cidade no nordeste da Espanha.


O juiz ordenou que o corpo do artista fosse exumado por causa da "falta de outros restos biológicos ou pessoais" para comparar com o DNA de Martinez. A Fundação Gala-Salvador Dalí, que administra os bens de Dalí, recorreu da decisão, mas a exumação foi adiante no mês seguinte. Em setembro, os resultados dos testes de DNA revelaram que Dalí não era pai.


Em outubro, o artista voltou ao noticiário com o anúncio de uma exposição no museu Dalí em São Petersburgo, Flórida, para celebrar sua amizade e colaboração com a estilista italiana Elsa Schiaparelli. Os dois eram conhecidos pela criação conjunta de um "vestido de lagosta" usado pela socialite americana Wallis Simpson, que mais tarde se casou com o rei inglês Edward VIII.




Se você tem interesse em aprender mais sobre a História da Arte eu recomendo o nosso curso História da Arte Moderna e Pós-Moderna , nele você encontra mais de 30 horas de conteúdo de qualidade e tudo 100% Online . Aprenda no conforto da sua casa e no seu tempo com o Professor Dante Velloni .





Tags #arte #artista #desenho #pintura #EscoladasArtes #HistoriadaArte #Surrealismo #SalvadorDali




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo